Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Presidente da juventude do PSDB pede mudanças no partido

A declaração foi dada no mesmo dia em que a juventude tucana divulgou uma nota pedindo a saída do senador Aécio Neves (PSDB-MG) do comando da legenda

São Paulo – O presidente nacional da Juventude do PSDB, Henrique Vale, defendeu nesta quinta-feira, 18, que a legenda faça uma autocrítica para ganhar musculatura para as eleições presidenciais.

“O partido precisa mudar e mudar muito se realmente quer continuar sendo representativo para a sociedade. Ou o PSDB se reaproxima da sociedade brasileira, ou a sociedade e a militância do PSDB vão abandonar o partido”, afirmou ele à reportagem.

A declaração foi dada no mesmo dia em que a juventude tucana divulgou uma nota pedindo a saída do senador Aécio Neves (PSDB-MG) do comando da legenda.

Segundo a delação feita para a Procuradoria-Geral da República, do empresário Joesley Batista, da JBS, o senador mineiro pediu para o empresário R$ 2 milhões para pagar as despesas com a defesa na Lava Jato.

Fontes do Broadcast Político afirmam que o deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP) comanda interinamente a agremiação.

Sobre o presidente Michel Temer (PMDB) que, de acordo com a delação de Joesley, deu aval para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) depois de sua prisão na Lava Jato, o dirigente da juventude do PSDB afirmou que, como se trata do presidente é necessária uma maior cautela.

“Nós pretendemos nos posicionar sobre o governo de Michel, só que realmente precisamos que os áudios (da delação de Joesley) sejam liberados. O contexto acaba sendo bastante diferente por se tratar do presidente da República, é preciso ouvir, realmente saber, até porque na notícia do Globo não foi citada de forma tão direta como aquilo aconteceu”, disse.

Dos 27 diretórios estaduais da juventude do partido, 20 se manifestaram favoráveis à saída de Aécio Neves do comando da legenda.

Segundo Henrique Vale, os outros sete diretórios não se manifestaram.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s