Após votação da PEC, Brasília volta a ser palco de protestos

Grupos interditaram diversas vias na zona central da capital federal e um ônibus foi queimado após a aprovação da PEC do teto de gastos no Senado

Brasília – Manifestantes interditaram diversas vias na zona central da capital federal contra a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece um teto para o aumento dos gastos públicos na tarde desta terça-feira (13). Vários grupos se espalharam no entorno da rodoviária e um ônibus foi queimado na via S2.

Horas após a aprovação em segundo turno da PEC do teto de gastos no Senado, o centro de Brasília voltou a ser palco de manifestações contra o ajuste fiscal do governo Michel Temer (PMDB). Pequenos grupos se espalharam no entorno da rodoviária e foram registrados confrontos entre policiais e manifestantes.

Há relatos de que um policial teria sido ferido. Manifestantes, por sua vez, citam que houve uso de balas de borracha para dispersão dos grupos.

A Polícia Militar e Secretaria de Segurança Pública não confirmam as informações e devem divulgar boletim com detalhes. A Esplanada dos Ministérios foi interditada logo após as 6h de hoje na expectativa de manifestações, mas não houve registro de problemas durante a manhã e o início da tarde.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. arthur bezerra

    Aos comunistas dessa revista: não são manifestantes, são vândalos. Criminosos.