Polícia prende suspeitos de matar motorista do Uber

Osvaldo Modolo Filho, de 52 anos, prestava serviço para o aplicativo Uber quando foi morto

São Paulo – A Polícia Civil de São Paulo prendeu na noite de ontem um homem e uma mulher suspeitos de terem matado o motorista Osvaldo Modolo Filho, de 52 anos.

Ele prestava serviço para o aplicativo Uber e foi morto na noite da última quinta com um tiro no rosto, outro na mão e facadas pelo corpo.

De acordo com informações preliminares do 95º Distrito Policial, o caso foi um assalto seguido de morte. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.