PMDB não faltará ao País, diz Kátia Abreu

Após o presidente do Senado retaliar o governo, a ministra da Agricultura disse que o "PMDB não faltará ao país como nunca faltou"

Brasília – Depois de o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), retaliar o governo e devolver a medida provisória que reduz o benefício fiscal da desoneração da folha de pagamentos, a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, disse na noite desta quarta-feira, 04, que o “PMDB não faltará ao País como nunca faltou ao País em toda a sua existência”.

“Como ministra de Estado, nós, do Executivo não temos que comentar a atitude do presidente do Congresso Nacional, é uma instituição independente, é responsável pelos seus atos, tem os seus motivos, ou não tem, não cabe a nós discutir essa questão”, disse a ministra, ao ser questionada sobre a postura de Renan Calheiros, durante coletiva de imprensa em que foi anunciado o aumento da mistura de etanol anidro na gasolina, no Palácio do Planalto.

“Tenho certeza de que o governo assimila isso com respeito às atitudes do Legislativo. O PMDB não faltará ao País como nunca faltou ao País em toda a sua existência”, completou a ministra. De acordo com a peemedebista, existe o clima de muita solidariedade dentro da coalizão e um desejo para que todos os partidos possam participar ativamente da agenda governista.