Pezão estende licença médica até o final de julho

Pezão foi diagnosticado, em março deste ano, com linfoma não Hodgkin, um tipo de câncer raro e agressivo, porém curável

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, prorrogou, mais uma vez, sua licença médica. De acordo com nota divulgada pela assessoria de imprensa do governo fluminense, Pezão ficará de licença para tratamento de saúde, pelo menos, até 30 de julho.

Pezão foi diagnosticado, em março deste ano, com linfoma não Hodgkin, um tipo de câncer raro e agressivo, porém curável.

Desde então, ele já passou por duas sessões de quimioterapia. A equipe médica acredita que Pezão precisará de seis a oito sessões do tratamento.

A licença foi comunicada na noite de ontem (9) ao presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani.

Na carta encaminhada a Picciani, Pezão diz que sua decisão leva em consideração seus esforços para restabelecimento de sua saúde e o melhor interesse da população fluminense.

“O governador em exercício, Francisco Dornelles, pessoa do mais alto gabarito e merecedor da minha total confiança, necessita de maior liberdade para exercer a tarefa de governar o Rio de Janeiro em um momento de grave crise no Brasil e no nosso estado”, diz a carta.

Pezão está oficialmente afastado do governo do estado desde o dia 28 de março.