Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,66 0,08%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,60% 62.662 pts
Pontos 62.662
Variação 1,60%
Maior Alta 9,53% JBSS3
Maior Baixa -1,42% EMBR3
Última atualização 23/05/2017 - 17:20 FONTE

Para combater falsificações, CNH ganha novo visual em 2017

Nova versão da Carteira Nacional de Habilitação passará a ser emitida em janeiro de 2017. Mudanças buscam inibir a falsificação do documento

São Paulo – A partir de janeiro, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ganhará cara nova. A reforma não é somente estética, ela traz novos parâmetros de segurança para dificultar a falsificação do documento.

A mudança foi aprovada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) em maio de 2016 e o prazo para que os Departamentos Estaduais de Trânsito (Detran) se adaptem às novas regras termina no próximo dia 31 de dezembro. Com isso, os documentos expedidos a partir de janeiro de 2017 virão dentro das novas normas.

Algumas mudanças devem chamar bastante a atenção. A coloração da tinta usada na barra superior (que hoje é azulada) vai mudar. Com a nova CNH, essa tinta será preta e terá informações um pouco diferentes das atuais.

Na parte superior, estarão impressos o Brasão da República, um desenho do mapa brasileiro com variação óptica e também o mapa do Estado emissor do documento. Outras pequenas mudanças também chegam, como a adoção de tinta com fluorescência sob luz UV ou a holografia na parte inferior do documento.

Vale lembrar que as mudanças chegarão para documentos emitidos a partir de janeiro de 2017. A versão atual do documento continuará valendo até que ele atinja a validade. Todo o processo de emissão também continuará o mesmo.

O documento virá com novas informações também. A nova CNH terá um total de três números. Dois deles são nacionais (Registro Nacional e Número do Espelho da CNH) e outro, estadual (número do formulário do Registro Nacional de Condutores Habilitados).

O Brasil emite cerca de 800 mil habilitações a cada ano.

Veja abaixo como ficará a nova CNH.

Mudanças que serão aplicada à nova CNH

(Contran/)