Padre assassinado tem missa de corpo presente no Rio

O sacerdote foi encontrado sem vida na manhã do domingo no acostamento da rodovia RJ-081, com marcas de coronhadas e facadas no ombro e no peito

Uma missa de corpo presente, com início às 14 h, está sendo celebradahoje (10) à tarde na paróquia Nossa Senhora de Lourdes, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense, em memória do padre Francisco Carlos Barbosa Tenório, de 37 anos, pároco da igreja.

O sacerdote foi encontrado sem vida na manhã do domingo (9) no acostamento da rodovia RJ-081 (Via Light), com marcas de coronhadas e facadas no ombro e no peito. O corpo do padre já foi embalsamado e deve seguir  ainda hoje para Pernambuco, seu estado natal, onde será enterrado.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense que trabalha com a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte), já que o carro e os pertences da vítima foram levados.

O padre deixou a paróquia no sábado para participar da festa de um afilhado em Belford Roxo e deixou a comemoração por volta das 22h30, dizendo que teria de celebrar uma missa cedo no dia seguinte.

O padre Francisco estava há 10 anos na Diocese de Nova Iguaçu, cujo bispo, Dom Luciano Bergamin, divulgou nota lamentando o ocorrido. “Mais uma vez a Baixada Fluminense vê um filho seu, padre dedicado e atencioso com seu povo, vítima da violência brutal e da maldade atroz”.