Orlando Silva: Brasil cumprirá prazos para a Copa de 2014

Ministro do Esporte garante que as obras para o evento esportivo sairão do papel no 2º semestre deste ano

Rio de Janeiro – O Brasil sai da fase de treino para entrar na fase de jogo nos preparativos para a Copa do Mundo de 2014. A avaliação foi feita hoje (7) pelo ministro do Esporte, Orlando Silva, que se mostrou tranquilo em relação ao cronograma de obras dos estádios brasileiros.

Orlando Silva avaliou que o primeiro semestre de 2010 foi um período de preparação institucional e que, a partir do segundo semestre deste ano, as obras começam a sair do papel. O ministro lembrou que o governo brasileiro aguardava apenas a aprovação da Federação Internacional de Futebol (Fifa) para dar início aos projetos, o que aconteceu a apenas pouco mais de duas semanas.

“Não é razoável supor que começaria a execução de obras sem aprovação final da Fifa. Agora, com a aprovação, os estádios poderão entrar na fase final de preparativos, de contratação e execução dessas obras. Até aqui foi a fase de treino. Depois da Copa da África do Sul, vai ser a fase de jogo”, garantiu.

O ministro do Esporte participou hoje (7) da apresentação do projeto Casa Brasil, um espaço de mais de 3 mil metros quadrados, construído em Joanesburgo, na África do Sul, para apresentar o país para a imprensa e o público que vai acompanhar o Mundial no Continente Africano. O projeto vai funcionar de 15 de junho a 11 de julho, com exposição, eventos e serviços sobre a diversidade natural, cultural e de turismo do Brasil.

O ministro do Turismo, Luiz Barretto, disse que a iniciativa é o pontapé inicial para toda estratégia de promoção turística brasileira. Barretto destacou ainda que o espaço também é uma oportunidade para divulgar e promover outros potenciais, como o de comércio e de tecnologias.

“É a oportunidade para, ao lado do turismo, mostrar essa imagem de um país diverso, complexo, e que representa a oitava economia do mundo”, afirmou Luiz Barretto.