Dólar R$ 3,28 0,59%
Euro R$ 3,67 0,09%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -1,54% 61.673 pts
Pontos 61.673
Variação -1,54%
Maior Alta 7,00% EMBR3
Maior Baixa -31,34% JBSS3
Última atualização 22/05/2017 - 17:21 FONTE

Odebrecht delata compra de imóvel para Instituto Lula, diz jornal

Segundo a Folha de S. Paulo, a revelação foi feita por três executivos na semana passada

São Paulo – Três delatores da Odebrecht confirmaram em depoimento na semana passada a compra de um imóvel na cidade de São Paulo para a construção de uma nova sede do Instituto Lula, informou a Folha de S. Paulo nesta terça-feira (21).

Segundo a publicação, a revelação foi feita por Marcelo Odebrecht, ex-presidente do grupo; Alexandrino Alencar, ex-diretor de relações institucionais; e Paulo Melo, ex-diretor-superintendente da Odebrecht Realizações Imobiliárias. O imóvel está localizado na Rua Dr. Haberbeck Brandão, nº 178, na região da Indianópolis.

Ainda na semana passada, o juiz Sergio Moro aceitou a denúncia em que o ex-presidente é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, tornando Lula réu pela quinta vez.

Apesar de a nova sede não ter saído do papel, Moro aceitou a denúncia, sustentando que a falta de transferência na compra do imóvel não impede a acusação de corrupção.

À Folha, o Instituto Lula afirmou que não comenta “supostas delações” e que “delações não são prova, quanto mais supostas delações”.

Terreno que delação da Odebrecht afirma ter sido destinado ao Instituto Lula

Terreno que delação da Odebrecht afirma ter sido destinado ao Instituto Lula (Google Street View/Reprodução)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Adilson R Cupido

    E tem gente que acha que todos estão contra o pixuleco. Não basta o enriquecimento estrondoso dele e da família, das provas de suas propinas recebidas em bens, do STF, da PF, da PGU e agora dos seus sócios empreiteiros que delatam que pagavam propinas, ainda sim tem idiota achando que o safado e corrupto familiar é perseguido!! Eta povinho que gosta de ser enganado.

    1. Wagner Tadeu

      Vamos ver quando atingir os outros, vamos ver os comentários dos mansos e humildes de coração. Será que STF, moro, a mídia parcial vão ter a mesma postura.

  2. Maycon Sacht

    “nesta terça-feira (20)”*