Dólar R$ 3,28 0,39%
Euro R$ 3,67 -0,04%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 0,95% 63.257 pts
Pontos 63.257
Variação 0,95%
Maior Alta 5,04% SMLE3
Maior Baixa -3,99% MRFG3
Última atualização 24/05/2017 - 17:20 FONTE

O que falta para o Brasil alcançar a Noruega e ficar em 1º

Para viver em um país com IDH igual ao da Noruega, os brasileiros vão precisar viver 7 anos e meio a mais, aumentar os anos de estudo em 75% e quintuplicar a renda per capita

São Paulo – Para a ONU, a distância entre Brasil e a Noruega são exatas 84 posições no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano 2012, lançado hoje e que avalia 186 nações. O país nórdico conquistou mais uma vez a dianteira na lista em que o Brasil é o 85º.

EXAME.com selecionou abaixo o quanto seria preciso melhorar os índices brasileiros para alcançar aquela que é considerada a nação com maior grau de desenvolvimento do mundo.

IDH

Noruega: 0.955
Brasil: 0,730
Diferença: 30%
O IDH norueguês é 0,225 superior ao brasileiro na escala que vai de 0 a 1.

Renda per capita

Noruega: 48.688 dólares
Brasil: 10.152 dólares
Diferença: 379%
Os brasileiros precisariam quase quintuplicar seus ganhos anuais para alcançar a renda dos noruegueses. Em nenhum dos outros índices considerados pelo IDH a diferença é tão grande.

Expectativa de vida 

Noruega: 81,3 anos
Brasil: 73,8 anos
Diferença: 10%
Ao nascer hoje, um norueguês tem expectativa de vida 7,5 anos maior que a de um brasileiro. A diferença, de 10%, pode ser considerada grande quando se considera tempo de vida.

Anos de escolaridade

Noruega: 12,6 anos
Brasil: 7,2 anos
Diferença: 75%
Os noruegueses estudam 5,4 anos a mais que os brasileiros, que em média não alcançam nem o ensino médio com 7,2 anos de aulas.


Anos esperados de estudo

Noruega: 17,5 anos
Brasil: 14,2 anos
Diferença: 23%
Dadas as atuais condições de matrículas de cada país, uma criança norueguesa que inicia a vida escolar hoje terá passado 3,3 anos a mais estudando que uma brasileira até o momento de parar com as aulas.

Felizmente, vale notar que a distância de escolaridade efetiva entre adultos dos dois países – de 5,4 anos, como visto na página anterior – diminui quando considerado o tempo esperado para as crianças de hoje. A qualidade do estudo em si não está em questão no índice.

IDH Ajustado à Desigualdade (IDHAD)

Noruega: 0,894 (perda de 6,4% em relação ao IDH original)
Brasil: 0,531 (perda de 27,2% em relação ao IDH original)
Diferença: 68%
Como o IDH mascara o nível de desigualdade contido em cada índice de um país, a ONU faz também este indicador (IDHAD). E aí as diferenças entre Noruega e Brasil aumentam consideravelmente, passando de uma distância de 0,22 do IDH original para 0,36 neste.

Enquanto o Índice de Desenvolvimento Humano é considerado pela ONU como um medidor de desenvolvimento potencial de uma nação, é este, o IDHAD, o medidor “real” do nível de um país.