Nova fase da Lava Jato prende ex-diretor da Petrobras

O ex-diretor da área internacional da Petrobras, Jorge Luiz Zelada, foi preso preventivamente. Os outros quatro mandatos foram de busca e apreensão

São Paulo – A Polícia Federal iniciou, nesta quinta-feira (2), a 15ª fase da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro e em Niterói. Cinco mandatos policiais foram cumpridos. 

O ex-diretor da área internacional da Petrobras, Jorge Luiz Zelada, foi preso preventivamente. Os outros quatro mandatos foram de busca e apreensão. 

A nova etapa da investigação foi batizada de “Conexão Mônaco”.

Zelada foi citado como um dos beneficiários do esquema de corrupção da petroleira por Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras.

O ex-gerente de serviços da estatal, Renato Duque, também mencionou Zelada no esquema de pagamento de propina.

Zelada foi detido no Rio de Janeiro, em casa, e será enviado, ainda hoje, para a carceragem da Polícia Federal, em Curitiba.  

Atualizado às 08h03.