São Paulo - A segunda via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) pode ser solicitada pela internet já a partir desta semana, segundo a Assessoria de Imprensa do Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran-SP). É uma opção para quem teve a primeira via furtada ou extraviada.

Trata-se de um dos serviços que passam agora a ser oferecidos pela internet no site do departamento, que entrou em funcionamento na quarta-feira passada. Antes do novo serviço, a solicitação da segunda via só poderia ser feita presencialmente no Detran ou nas Ciretrans (regionais). A emissão da segunda via sai por R$ 28,79, e o usuário que quiser recebê-la em casa paga R$ 11 de correio. As informações estão em www.detran.sp.gov.br.

O novo portal permitia aos usuários ontem desempenhar praticamente todas as funções. O serviço foi testado pela reportagem seis dias após entrar no ar e apresentar defeito. Na quarta-feira, o site chegou a ficar 20 minutos sem funcionar e trazia uma mensagem pedindo desculpas pelo transtorno.

Ontem, era possível acessar serviços básicos como checar os pontos na CNH, multas, obter formulários para pedir renovação de carteira, adição de categoria e primeira habilitação. Apenas um dos links testados pela reportagem não funcionava, voltado a informações sobre a CNH aos visitantes que entram por meio do perfil "cidadão". O mesmo não ocorria quando o visitante entrava na área reservada aos médicos. Em seis dias, o site já recebeu mais de 20 mil cadastros. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tópicos: Internet, Sites, Setor de transporte, Setores, Transporte e logística