Aguarde...

Francisco | 15/05/2013 23:45

Rio ganha feriado por causa da visita do papa

O Rio de Janeiro terá quatro dias de feriado por causa da visita do papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorre entre os dias 23 e 28 de julho

Vincenzo Pinto/AFP

Papa Francisco acena para a multidão no Vaticano em 24 de abril de 2013

O papa Francisco deve chegar ao Rio de Janeiro no dia 22 de julho e deixar a cidade já no dia 28

Rio de Janeiro - O Rio de Janeiro terá quatro dias de feriado por causa da visita do papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorre entre os dias 23 e 28 de julho, uma medida que pretende facilitar a circulação dos peregrinos pela cidade, anunciou nesta quarta-feira o prefeito Eduardo Paes.

Em entrevista coletiva, Paes afirmou que decretará feriado integral nos dias 25 e 26 de julho, quinta e sexta-feira, e parcial nos dias 23 e 29, tudo com o propósito de melhorar as condições do trânsito na cidade. De acordo com o prefeito, a proposta foi encaminhada hoje para aprovação da Câmara de Vereadores.

O feriado parcial proposto para o dia 23 de julho começará a partir das 16h para facilitar a chegada dos peregrinos à praia de Copacabana, onde ocorrerá a cerimônia de abertura da JMJ comandada pelo arcebispo do Rio, dom Orani Tempestaque.

Já no dia 29, no dia seguinte ao término do evento, o feriado proposto será até ao meio-dia, já que o objetivo é melhorar o trânsito durante a saída dos peregrinos. De acordo com o prefeito, o comércio e as atividades turísticas funcionarão normalmente durante os feriados municipais.

"Vamos ter uma semana de transtornos para o cidadão carioca. É a primeira visita do Papa Francisco a um país estrangeiro e vai exigir do carioca uma dose de sacrifício. É o mesmo que pensar se fizéssemos o réveillon em Copacabana sem feriado. Não queremos que o carioca saia do Rio. O deslocamento ficará bastante restrito, mas não queremos uma cidade morta", afirmou Paes.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados