Brasília - A greve dos professores da rede municipal de ensino de Curitiba (PR) começou nesta segunda-feira (17) e foi convocada por tempo indeterminado. As principais reivindicações dos professores incluem discussão sobre a forma de enquadramento no plano de carreira, a contratação de mais profissionais e a composição da jornada em hora-aula.

De acordo com o Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac), na última sexta-feira (14), os pais foram avisados sobre a greve por meio de panfletagem feita nas próprias unidades de ensino.

Tópicos: Curitiba, Cidades brasileiras, Direitos trabalhistas, Ensino público, Greves, Jornada de trabalho