Aguarde...

Transportes | 06/11/2012 12:35

Paulistano não quer pedágio urbano, segundo Datafolha

Pesquisa do Datafolha mostra que apenas 1% da população de São Paulo acredita que pedágio no centro da cidade é uma solução para melhorar o trânsito

Mario Rodrigues/Veja São Paulo

Trânsito em São Paulo, na

Nas regiões metropolitanas do Rio e de SP existem cidades em que metade da população leva mais de uma hora no trajeto.

São Paulo - De acordo com uma pesquisa realizada pelo instituto Datafolha, o paulistano prefere soluções para o congestionamento da cidade que não afetem o seu cotidiano. Respostas como "construção de mais linhas de metrô" foram muito mais citadas do que um aumento nos dias de rodízio, por exemplo.

A pesquisa mostrou ao entrevistado sete possíveis soluções para o trânsito e pediu para que o morador da cidade apontasse suas três alternativas preferidas. Construir mais linhas de metrô foi a resposta preferida por 33% dos entrevistados, enquanto apenas 1% respondeu que o melhor seria cobrar pedágio no centro da cidade. Outro 1% preferiu cobrança de pedágio nas principais vias de São Paulo.

O Datafolha também questionou os paulistanos sobre a próxima gestão da prefeitura, que será feita pelo petista Fernando Haddad. Para 62% deles, o próximo governo será "ótimo ou bom". 17% afirmou que será "regular" e 8% espera que o próximo governo será "ruim ou péssimo".

Solução para o trânsito Porcentagem
Construção de mais linhas de metrô 33%
Construção de mais corredores exclusivos para ônibus 22%
Melhora na qualidade dos ônibus 17%
Aumento na quantidade dos ônibus 14%
Ampliação do rodízio para dois dias por semana 7%
Cobrança de pedágio no centro da cidade 1%
Cobrança de pedágio nas principais vias da cidade 1%
Nenhum 1%
Recusa/Não sabe 4%

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados