Aguarde...

Ranking | 17/09/2012 17:39

Os gastos do Brasil com educação em relação ao mundo

O Brasil é o 15º maior gastador, mas só aparece em 53º - de um total de 65 países - quando se trata de qualidade da educação. Confira como ele se compara a outras nações

Marcos Santos/USP Imagens

Carteiras na sala de aula

Ensino no Brasil: qualidade de ensino não acompanha altos investimentos

São Paulo – Tramita no Congresso Nacional uma proposta para fazer o volume de recursos para a educação chegar a 10% do PIB nacional. Hoje, o Brasil investe 5,7% - um dos índices mais altos entre os 42 países membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a frente de Reino Unido, Canadá e Alemanha, por exemplo.

Na semana passada, a organização lançou um relatório sobre os gastos em educação de várias nações. Investir um décimo de toda a riqueza produzida no país deixaria o Brasil em primeiro lugar no ranking, acima da Islândia, que investe assombrosos 7,8% do PIB em educação hoje.

Esse número considera, além dos investimentos nas instituições de ensino, gastos governamentais com bolsas e programas de apoio aos alunos.

Apesar do investimento brasileiro ser próximo da média dos países da OCDE, o país se encontra somente em 53º lugar - de um total de 65 - no Pisa, um programa de avaliação da qualidade da educação da mesma organização. Ou seja, maiores investimentos não necessariamente acompanham, na mesma proporção, uma melhora no desempenho dos estudantes.

O Brasil é o 15º que mais investe o PIB na área na lista da OCDE. Os lanternas no ranking foram Indonésia (investimento de 3% do PIB), Índia (investimento de 3,5%), Japão (3,8%), Eslováquia (4,1%) e República Tcheca (4,4%).

Confira os maiores “gastadores” e sua posição no ranking de qualidade educacional:

Ranking País Gasto com educação Posição no Pisa
1 Islândia 7,80% 16º lugar
2 Noruega 7,30% 12º lugar
3 Suécia 7,30% 19º lugar
4 Nova Zelândia 7,20% 7º lugar
5 Finlândia 6,80% 3º lugar
6 Bélgica 6,60% 11º lugar
7 Irlanda 6,50% 21º lugar
8 Estônia 6,10% 13º lugar
9 Argentina 6% 58º lugar
10 Áustria 6% 39º lugar
11 Holanda 5,90% 10º lugar
12 França 5,90% 22º lugar
13 Israel 5,80% 37º lugar
14 Portugal 5,80% 27º lugar
15 Brasil 5,70% 53º lugar
16 Eslovênia 5,70% 31º lugar
17 Reino Unido 5,60% 25º lugar
18 Suíça 5,50% 14º lugar
19 Estados Unidos 5,50% 17º lugar
20 México 5,30% 48º lugar
21 Hungria 5,10% 26º lugar
22 Polônia 5,10% 15º lugar
23 Canadá 5,10% 6º lugar
24 Alemanha 5,10% 20º lugar
25 Coreia do Sul 5% 2º lugar
26 Espanha 5% 33º lugar
27 Austrália 5% 9º lugar
28 África do Sul 4,80% (não participa)
29 Rússia 4,70% 43º lugar
30 Itália 4,70% 29º lugar


 

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados