São Paulo — O Movimento Passe Livre divulgou nesta tarde os trajetos dos dois atos contra o aumento da tarifa marcados para hoje em São Paulo. Um protesto será na região central da cidade, com a concentração no Theatro Municipal, e outra no largo da Batata, em Pinheiros.

"O trajeto do Theatro Municipal vai passar pela Prefeitura e Secretaria de Segurança Pública, subir a Avenida Brigadeiro até a Paulista e terminar no MASP. O trajeto do Largo da Batata vai subir pela Avenida Faria Lima, passar pela Praça Panamericana, atravessar a ponte da Cidade Universitária, pegar a Avenida Vital Brasil e terminar no Metrô Butantã", disse o movimento em uma publicação no Facebook. 

Polêmica

Durante a semana, o governo e a prefeitura de São Paulo defenderam que os organizadores comunicassem previamente o trajeto de manifestações. Caso isso não fosse feito, a Polícia Militar poderia definir a rota a ser percorrida. 

O MPL criticou o posicionamento do governo e informou que o trajeto só seria definido pouco antes do início dos protestos.

Na última terça-feira, dezenas de pessoas ficaram feridas em mais um ato marcado pela repressão policial. A confusão começou depois que manifestantes tentaram seguir uma rota diferente da imposta pelos policiais militares. Houve confusão e a PM usou bombas, gás de pimenta e balas de borracha antes mesmo do ato começar. 

Tópicos: Movimento Passe Livre, Transporte público, Mobilidade urbana, Protestos, Política no Brasil, São Paulo, Cidades brasileiras, Metrópoles globais