São Paulo - A atriz canadense Ellen Page esteve no Brasil para filmar a série "Gaycation", um especial da Viceland sobre a comunidade LGBT no país, e teve a oportunidade de ficar cara a cara com o deputado federal Jair Bolsonaro, famoso por suas diversas declarações contra homossexuais.

Ao comentar sobre a vez em que Bolsonaro disse que a homossexualidade deveria ser resolvida "na base da porrada", Page conta ao parlamentar sobre sua orientação sexual e questiona se ela também "deveria ter apanhado quando era criança".

Bolsonaro, por sua vez, desconversa, tentando elogiar a atriz com comentários machistas: "Se eu fosse cadete da Academia Militar e te encontrasse na rua, eu ia assobiar para você. Muito bonita". 

Entretanto, o deputado ainda tenta justificar a homofobia dizendo que, para ele, "gay é comportamental", e que agora o número de homossexuais aumentou por conta das "liberalidades, drogas e da mulher trabalhando".

"Eu acho que você foge, desculpa aqui, você foge à normalidade. Nós temos que ter um norte aqui. Você vira, com todo o respeito a você, a teoria do absurdo. Até porque você com sua companheira não geram filhos", diz o deputado ao decorrer da entrevista.

No final do vídeo, Ellen Page lamenta a ideologia do deputado. "É devastador saber que alguém com tanta influência tem tanto desdenho com a comunidade gay".

Assista abaixo ao vídeo legendado da entrevista:

Gaycation Brasil

Em entrevista à atriz Ellen Page, Jair Bolsonaro afirma que o aumento da quantidade de gays na sociedade se deu devido “as liberalidades, as drogas e a mulher também estar trabalhando”. Um filósofo estudioso da sociedade brasileira, eu diria! SQN.Eu legendei esse trecho, mas o episódio completo da série de documentários está no site do Viceland em inglês no link: https://goo.gl/C9XQHr

Publicado por Danilo Rodrigues em Sexta, 11 de março de 2016

Tópicos: Atores, Gays, Preconceitos, LGBT, Jair Bolsonaro, Políticos brasileiros, Políticos, Política no Brasil