São Paulo – De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, uma das empresas de Luiz Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e um dos alvos da Operação Zelotes, recebeu 500 mil reais do Corinthians entre 2011 e 2013.

No entanto, ele não teria prestado qualquer serviço ao clube – segundo relatos de pessoas que trabalhavam na área de marketing do Corinthians, para o qual Luiz teria trabalhado, no período dos pagamentos.

Em partes, o período dos repasses coincide com a construção da Arena Corinthians. A obra, que custou cerca de 1,2 bilhão de reais, recebeu um aporte de 400 milhões de reais do BNDES. Segundo o jornal, a coincidência abrirá uma nova frente de investigações na Operação Zelotes. 

Na mira da PF

No final de outubro do ano passado, a Polícia Federal expediu um mandado de busca e apreensão à LFT Marketing Esportivo, empresa de Luís Claudio Lula da Silv que foi contratada pelo Corinthians

Ele é suspeito de ter recebido repasses do escritório de advocacia Marcondes & Mautoni como parte de um processo de compra de Medidas Provisórias para prorrogações de isenção do IPI de automóveis no período em que Lula foi presidente do Brasil.

Tópicos: Corinthians, Esportes, Futebol, Presidente Lula, Luiz Inácio Lula da Silva, Personalidades, Políticos, Políticos brasileiros, PT, Política no Brasil, Operação Zelotes