São Paulo - O conselho curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) publicou no Diário Oficial da União desta sexta-feira medida em que aprova a criação de uma linha de crédito para compra de material de construção (Fimac).

A linha, de até 20 mil reais por pessoa, terá 300 milhões de reais para concessão do crédito em 2012, segundo o diário. O tomador precisa ter conta no FGTS, vínculo empregatício ativo e não há limite de renda para o pedido do financiamento.

O prazo de amortização é de 120 meses e o custo efetivo máximo para o mutuário final (juros, comissões e outros encargos financeiros) é de 12 por cento ao ano.

A medida foi aprovada pelo conselho curador do fundo na terça-feira. Na ocasião, a Agência Brasil informou que dados do governo mostram que cerca de 33 milhões de trabalhadores que contribuem mensalmente para o FGTS estão aptos a acessarem o financiamento.

Tópicos: FGTS, Indústria da construção, Setores, Indústrias em geral, Indústria