São Paulo – A presidente Dilma Rousseff caiu duas posições na lista das pessoas mais poderosas do mundo da revista norte-americana Forbes, divulgada hoje. A mandatária conquistou a 20ª posição na edição 2013 do ranking, depois de conquistar a 18ª no ano passado. No topo, aparece o presidente russo Vladimir Putin (veja os 30 primeiros colocados).

Putin desbancou o presidente norte-americano Barack Obama, que liderou o ranking em 2012. 

Dilma é a única representante do Brasil na lista - que conta com 72 nomes no total entre políticos, empresários e até o papa - e integra o diminuto contingente de nove mulheres representadas.

A revista lembra que Dilma comanda a sétima economia do mundo e que o Brasil estará “hospedando a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016”.

Já sobre o presidente russo, este ano no topo, a publicação afirma que ele caminha em direção oposta à de sua contraparte americana. 

"Putin tem solidificado seu controle sobre a Rússia, enquanto o período de pato manco de Obama veio aparentemente mais cedo do que o habitual para um segundo mandato - último exemplo: a confusão do fechamento do governo", diz o texto.

Tópicos: Dilma Rousseff, Personalidades, Políticos, Políticos brasileiros, PT, Política no Brasil, Listas da Forbes, Empresas, Listas, Rankings