São Paulo – O Brasil ostenta um dos piores índices de proficiência na língua inglesa do mundo. É o que indica pesquisa da escola e agência de intercâmbios Education First (EF).

De acordo com o estudo, os brasileiros receberam nota média de 47,27 no índice English Proficiency Index (EPI) – desempenho inferior ao apresentado por participantes de países como Argentina, Costa Rica e República Tcheca.

Com isso, o Brasil conquistou a 31ª posição em ranking de 44 países que não têm o inglês como língua oficial.

Entre os BRICs, o país ficou apenas na frente da Rússia. China e Índia levaram, respectivamente, nota média de 47,62 e 47,35 – índices também considerados baixos pela pesquisa.

Para chegar a esses resultados, a instituição avaliou o desempenho de 2 milhões de pessoas de 44 países diferentes em quatro testes online de proficiência em inglês elaborados pela agência.

“Os exames abordavam questões de gramática, compreensão auditiva, leitura e vocabulário”, afirma Julio de Angeli, vice-presidente da EF Englishtown para a Europa e Américas.

Latinos
Mas o Brasil não foi o único a decepcionar nos índices de proficiência em inglês. A América Latina foi a região que teve o pior desempenho entre os países analisados.

A Argentina foi a melhor colocada entre os países da região com nota de 53,49. No ranking latino, o Brasil ficou com a 6ª posição – à frente do Chile, que possui uma política de Estado voltado para o ensino de inglês.

Confira o ranking geral na próxima página.

Confira o ranking de países e suas respectivas notas em proficiência em inglês:

  País Nota Proficiência
1 Noruega 69,09 Muito Alta
2 Holanda 67,93 Muito Alta
3 Dinamarca 66,58 Muito Alta
4 Suécia 66,26 Muito Alta
5 Finlândia 61,25 Muito Alta
6 Áustria 58,58 Alta
7 Bélgica 57,23 Alta
8 Alemanha 56,64 Alta
9 Malásia 55,54 Alta
10 Polônia 54,62 Moderada
11 Suíça 54,6 Moderada
12 Hong Kong 54,44 Moderada
13 Coréia do Sul 54,19 Moderada
14 Japão 54,17 Moderada
15 Portugal 53,62 Moderada
16 Argentina 53,49 Moderada
17 França 53,16 Moderada
18 México 51,48 Moderada
19 República Tcheca 51,31 Moderada
20 Hungria 50,8 Moderada
21 Eslováquia 50,64 Moderada
22 Costa Rica 49,15 Baixa
23 Itália 49,05 Baixa
24 Espanha 49,01 Baixa
25 Taiwan 48,93 Baixa
26 Arábia Saudita 48,05 Baixa
27 Guatemala 47,8 Baixa
28 El Salvador 47,65 Baixa
29 China 47,62 Baixa
30 Índia 47,35 Baixa
31 Brasil 47,27 Baixa
32 Rússia 45,79 Baixa
33 República Dominicana 44,91 Muito Baixa
34 Indonésia 44,78 Muito Baixa
35 Peru 44,71 Muito Baixa
36 Chile 44,63 Muito Baixa
37 Equador 44,54 Muito Baixa
38 Venezuela 44,43 Muito Baixa
39 Vietnã 44,32 Muito Baixa
40 Panamá 43,62 Muito Baixa
41 Colômbia 42,77 Muito Baixa
42 Tailândia 39,41 Muito Baixa
43 Turquia 37,66 Muito Baixa
44 Cazaquistão 31,74 Muito Baixa

Tópicos: Carreira e Salários, Carreira, Comportamento, Inglês, Mercado de trabalho, Setores, Setor de educação