Aguarde...

Ruim | 27/11/2012 19:43

Brasil tem 2ª pior educação em ranking global da Economist

País fica em penúltimo em estudo que avaliou 40 nações e só ganha da Indonésia. Países que conquistaram o topo, Coreia do Sul e Finlândia, têm educação como "valor moral"

Tiago Lubambo

Professor em sala de aula

Sala de aula de uma escola pública brasileira: mais uma vez, Brasil entre os últimos quando se trata de educação

São Paulo – O Brasil voltou a fazer feio em avaliações internacionais de educação. Em relatório encomendado pela empresa Pearson à Economist Intelligence Unit, braço de pesquisas do grupo Economist, o país ficou em 39º lugar de um total de 40 nações avaliadas. Sem surpresas, Finlândia e Coreia do Sul conquistaram os primeiros lugares (veja lista abaixo)

O Brasil só ficou a frente de Indonésia, mas atrás de México e Argentina.

O relatório encomendado pela Pearson faz parte do projeto “A curva do aprendizado” e considera os resultados de três testes comparativos: o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, o mais famosos deles), o Progresso no Estudo Internacional de Alfabetização (PIRLS) e ainda o Tendências no Estudo Internacional de Matemática e Ciência (TIMSS).

A pesquisa chega a algumas conclusões a respeito dos bem sucedidos sistemas educacionais finlandês e sul-coreano.

Embora extremamente diferentes – Coreia do Sul tem currículo rígido com alta carga horária, enquanto Finlândia é conhecida pela liberdade dada ao aluno – há pontos em comum.

“Um elemento é a importância dada ao ensinar e os esforços colocados no treinamento e recrutamento de professores”, diz o relatório. Além disso, o estudo assinala que o alto desempenho está ligado a uma alta cultura educacional, em que a educação chega a ter valor moral.

Posição País Nota (distância da média do grupo)
1 Finlândia 1,26
2 Coreia do Sul 1,23
3 Hong Kong 0,9
4 Japão 0,89
5 Cingapura 0,84
6 Grã-Bretanha 0,6
7 Holanda 0,59
8 Nova Zelândia 0,56
9 Suíça 0,55
10 Canadá 0,54
11 Irlanda 0,53
12 Dinamarca 0,5
13 Austrália 0,46
14 Polônia 0,43
15 Alemanha 0,41
16 Bélgica 0,35
17 Estados Unidos 0,35
18 Hungria 0,33
19 Eslováquia 0,32
20 Rússia 0,26

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados