São Paulo - Das 50 cidades mais violentas do mundo, 14 são brasileiras. O país foi destaque negativo em ranking feito por especialistas da ONG mexicana Conselho Cidadão Para a Segurança, com base na quantidade de homicídios em cidades do mundo com mais de 300 mil habitantes.

O Brasil também garantiu presença no pouco honroso top 10 do ranking, com duas cidades entre os dez maiores índices de violência: Maceió, capital alagoana, que ocupa o terceiro lugar, e Belém, capital do Pará, no décimo lugar.

O título de cidade mais perigosa do mundo é da cidade de San Pedro Sula, em Honduras, com uma taxa de 158.87 homicídios para um grupo de 100 mil habitantes. Em segundo lugar, está Juárez, no México, com uma taxa de 147.77.

A América Latina disparou na frente com os piores resultados, abrigando 40 das cidades apontadas, incluindo as 20 primeiras da lista. No relatório, a ONG ainda alertou para a coleta imprecisa de informações no México, onde "autoridades estão falsificando dados e escondendo o verdadeiro número de homicídios".

Confira as cidades brasileiras apontadas entre as mais violentas do mundo, e seu índice de homicídios por habitantes.

Posição no ranking Cidade Estado Homicídios por 100 mil habitantes
Maceió AL 135,26
10º Belém PA 78,04
17º Vitoria ES 67,82
22º Salvador BA 56,98
26º Manaus AM 56,21
27º São Luís MA 50,85
29º João Pessoa PB 48,64
31º Cuiabá MT 48,32
32º Recife PE 48,23
36º Macapá AP 45,08
37º Fortaleza CE 42,90
39º Curitiba PR 38,09
40º Goiânia GO 37,17
45º Belo Horizonte MG  34,40

Tópicos: Alagoas, Belém, Cidades brasileiras, Maceió, Violência urbana