Aguarde...

Violência | 18/07/2013 10:14

As 300 cidades mais perigosas do Brasil

Simões Filho, na Bahia, tem taxa de assassinatos duas vezes maior que a do Iraque. Confira as 300 cidades mais perigosas do país, segundo o Mapa da Violência

Marwan Nnaamani/AFP

Policial em Bagdá

Policial em Bagdá, no Iraque: no auge dos conflitos no país, entre 2004 e 2007, as taxas de homicídios ainda eram menores do que em 76 cidades brasileiras hoje

São Paulo – A taxa de homicídios no Brasil hoje coloca o país em sétimo lugar entre aqueles onde mais se mata no mundo. São 27,1 mortes para cada 100 mil pessoas. As 300 cidades listadas a seguir são as que puxam o índice brasileiro para cima: em Simões Filho, na Bahia, o índice de assassinatos (139 por 100 mil habitantes) é mais de duas vezes superior ao do Iraque no auge dos conflitos no país do Oriente Médio (64,9 mortes para cada 100 mil pessoas, entre 2004 e 2007).

Os dados são do “Mapa da Violência 2013 – Homicídios e Juventude no Brasil”, divulgado nesta quinta-feira pelo professor Julio Jacobo Waiselfisz, da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais.

As cidades vítimas de grande violência são, em geral, pequenas ou médias, isto é, com até 500 mil habitantes. Nas 10 primeiros colocações, a única capital – e cidade grande – a aparecer é Maceió (AL). João Pessoa (PB) aparece em 30º, revelando que o Nordeste e o Norte são os maiores alvos do problema hoje.

Segundo o estudo, as cidades que concentram a violência no Brasil são, em geral, novos polos de desenvolvimento, zonas de fronteira e do desmatamento amazônico, além de municípios com turismo predatório e currais políticos onde ainda impera a lógica clientelista. 

Confira a lista abaixo, que considera, para fins estatísticos, apenas as cidades com mais de 20 mil habitantes.

Posição nacional Cidade Estado População (2011) Nº assassinatos (2011) Taxa Posição no respectivo estado
1 Simões Filho BA 119.760 167 139,4 1
2 Campina Grande do Sul PR 39.092 49 125,3 1
3 Ananindeua PA 477.999 568 118,8 1
4 Cabedelo PB 59.104 69 116,7 1
5 Arapiraca AL 216.108 243 112,4 1
6 Maceió AL 943.110 1.048 111,1 2
7 Guaíra PR 30.861 34 110,2 2
8 Rio Largo AL 68.885 75 108,9 3
9 São Miguel dos Campos AL 55.463 60 108,2 4
10 Marituba PA 110.842 119 107,4 2
11 Marabá PA 238.708 256 107,2 3
12 Porto Seguro BA 129.325 137 105,9 2
13 Pilar AL 33.467 35 104,6 5
14 Mata de São João BA 40.866 42 102,8 3
15 Marechal Deodoro AL 46.754 48 102,7 6
16 Pinheiros ES 24.093 24 99,6 1
17 Sooretama ES 24.271 23 94,8 2
18 Serra ES 416.029 388 93,3 3
19 Teixeira de Freitas BA 140.710 131 93,1 4
20 Ubaitaba BA 20.449 19 92,9 5
21 Luziânia GO 177.099 164 92,6 1
22 Itabuna BA 205.286 190 92,6 6
23 Conde PB 21.783 20 91,8 2
24 Vera Cruz BA 38.168 35 91,7 7
25 Itapissuma PE 24.050 22 91,5 1
26 Lauro de Freitas BA 167.309 153 91,4 8
27 Santa Rita PB 121.166 110 90,8 3
28 Mari PB 21.216 19 89,6 4
29 Valença BA 89.510 78 87,1 9
30 João Pessoa PB 733.155 633 86,3 5

 

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados