Brasília - A Comissão de Outorga da 3ª etapa de Concessão para Exploração do Trecho da Rodovia BR-101, entre os estados de Espírito Santo e Bahia, adiou para o dia 20 de abril a data para a publicação do julgamento dos recursos que questionam o resultado do leilão, vencido pela EcoRodovias.

A diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deveria se reunir nesta quinta-feira para julgar o recurso apresentado pelo Consórcio Rodovia Capixaba, liderado pelo Grupo Águia Branca, segundo colocado no leilão. Mas, de acordo com comunicado publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, a data de homologação do resultado do leilão, pela ANTT, mudou para 3 de maio.

O prazo para a comprovação de atendimento pelo vencedor do leilão das condições prévias para a assinatura do contrato passou para o período entre 4 de maio e 18 de junho. Com isso, a assinatura do contrato de concessão só deve ser feita no dia 12 de julho, segundo o novo cronograma.

Tópicos: ANTT, Setor de transporte, EcoRodovias, Empresas abertas, Empresas, Estradas, Transportes, Exploração de rodovias, Águia Branca