Brasília - O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), deve formar uma comissão geral na Casa antes de levar à votação o projeto de lei de autoria do deputado Newton Lima (PT-SP) que pede a modificação da atual legislação relativa à publicação de biografias no país.

De acordo com Alves, é preciso fazer um debate com artistas, biógrafos e intelectuais antes de apreciar o projeto.

"A Câmara precisa decidir essa questão com bastante consciência, que é uma coisa muito sensível e importante da pauta nacional", disse.

Ele disse que pretende tornar ágil o prazo de votação da proposta.

O projeto derruba a autorização obrigatória do biografado antes que uma biografia dele seja lançada no mercado. A ideia é que o assunto seja pautado em novembro. "Vai ser o mais rápido possível", afirmou.

Tópicos: Políticos brasileiros, PMDB, Henrique Alves, Políticos, Política no Brasil, Legislação, Livros