São Paulo - Em tom de brincadeira, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin afirmou nesta quinta-feira, 31, que teve uma "telepatia" com o prefeito da capital, Fernando Haddad, por conta do projeto de criação de uma empresa voltada para o setor audiovisual de São Paulo.

"Haddad nós temos uma telepatia, porque há uns meses o Marcelo Araújo (secretário Estadual de Cultura) me chamou com uma proposta para cinema. Poucos dias depois veio a entrevista do Juca Ferreira (secretário municipal de Cultura) falando da SPCine", afirmou, durante a apresentação do projeto de lei que cria a Empresa de Cinema e Audiovisual de São Paulo - a SPCine, na Praça das Artes, no centro da capital paulista.

O evento, que contou também com a presença da ministra da Cultura, Marta Suplicy, foi marcado por troca de elogios entres os três políticos.

"Este projeto celebra a união de esforços. Estamos por terra, mar e ar", afirmou Alckmin, em referência as três esferas de governo envolvidas no projeto. "Estamos imitando o cinema, que sempre trabalha em equipe, pois esse projeto não é trabalho isolado", completou.

A SPCine terá como objetivo financiar ações e implementar políticas públicas voltadas do desenvolvimento do cinema paulista. As três esferas de governo deverão investir cerca de R$ 25 milhões por ano no projeto.

Apesar de o projeto ainda precisar ser encaminhando à aprovação da Câmara Municipal, prefeito Fernando Haddad afirmou que o recurso municipal para a SPCine em 2014 já está garantido e previsto no Orçamento. Ele aproveitou a presença do presidente da Câmara Municipal de São Paulo, vereador José Américo (PT-SP), para pedir por uma rápida tramitação do projeto na Casa. "Queria manifestar o desejo de que esse projeto seja o mais célere possível. Acelerem a tramitação", apelou.

Haddad também teceu elogios ao governador pela parceria e disse ainda que as divergências políticas não podem pautar os governos. "A disputa política fica restrita aos 60 dias de eleição", afirmou.

A ministra da cultura, Marta Suplicy, disse que iniciativa da SPCine é "importantíssima não só para os paulistas, mas também para o Brasil".

Tópicos: Políticos brasileiros, Fernando Haddad, Prefeitos, Política no Brasil, Governadores, Geraldo Alckmin, Políticos