Aguarde...

Rankings | 09/12/2012 08:00

Quais são as 100 cidades mais desenvolvidas do Brasil?

Dois rankings lançados nesta semana chegaram a conclusões completamente diferentes sobre quais as 100 cidades de maior desenvolvimento do país. Qual escolher?.

SXC.Hu

Qualidade de Vida

Por adotar critérios diferentes, as listas das 100 cidades mais desenvolvidas do Brasil variam muito. Em uma, há localidades de 9 estados; na outra, de apenas 5

São Paulo – Somente nesta semana, dois rankings que listam as cidades mais desenvolvidas do Brasil foram lançados, provando a máxima que listas existem para serem contestadas. A ordem dos municípios em cada uma delas é bem diferente. Na elaborada pela Fundação Getúlio Vargas, lidera a pequena cidade de Trabiju, no interior paulista, que nem mesmo figura entre as 100 primeiras da outra lista, feita pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro. Na última, a mais desenvolvida é Indaiatuba. Em comum, apenas que ambas as cidades ficam em São Paulo.

Afinal, como escolher as cidades do Brasil que oferecem os melhores indicadores de qualidade de vida?

Os brasileiros não estão tão acostumados a rankings de melhores cidades para se viver. Até porque, ao contrário do que acontece lá fora - onde estas listas abundam – aqui o objetivo não é chegar a esta resposta.

É, no entanto, exatamente esta a proposta de dois famosos rankings internacionais, um da consultoria Mercer e outro da Economist Intelligence Unit. Ambos já foram noticiados em EXAME.com.

Mas mesmo as listagens brasileiras, ao estabelecer como critérios o desempenho das cidades em educação, saúde, emprego, entre outros, acabam passando pelos conceitos de qualidade de vida

Em comum entre as duas listas do Brasil está a preocupação em usar dados oficiais para chegar a um novo indicador de desenvolvimento. É aí que o resultado sai completamente diferente. Veja o que cada uma levou em consideração:

 

O QUE O ISDM (FGV) MEDE O QUE O IFDM (Firjan) MEDE
Educação: taxa de analfabetismo e taxa de crianças e jovens que frequentam a escola em cada etapa, desempenho na Prova Brasil (MEC) Educação: taxa de matrícula infantil, abandono, distorção idade-série, desempenho no Ideb, taxa de docentes com ensino superior
Saúde e Segurança: taxa de mortalidade infantil, gravidez precoce e mortalidade por causas evitáveis; homicídios Saúde: número de consultas pré-natal, óbitos por causa mal definidas e óbitos infantis evitáveis
Renda: presença de pobreza e extrema pobreza Emprego e renda: geração, estoque e salários médios dos empregos formais
Trabalho: taxa de ocupação e formalização  
Habitação: coleta de lixo, energia elétrica, água canalizada, esgotamento sanitário, domicílio próprio  

Alguns podem argumentar que faltam dados relevantes a serem considerados. Nenhuma das listas, por exemplo, cita a qualidade do transporte público, algo notado pelas avaliações internacionais.

Escolha o indicador que lhe parecer mais justo e, depois, confira abaixo as 100 cidades mais desenvolvidas do Brasil de acordo com as duas listas. Se o seu município não estiver entre elas, faça o download do documento contendo todas as 5,5 mil cidades do país, tanto da FGV quanto da Firjan.

Posição FGV Estado ISDM (Escala de 0 a 10) Posição Firjan Estado IFDM (De 0 a 1)
1 Trabiju SP 6,28 1 Indaiatuba SP 0,9486
2 Cândido Rodrigues SP 6,27 2 São José do Rio Preto SP 0,9357
3 Águas de São Pedro SP 6,27 3 Itatiba SP 0,9276
4 Lobato PR 6,22 4 Amparo SP 0,9259
5 Feliz RS 6,19 5 Barueri SP 0,9258
6 Terra Roxa SP 6,19 6 Ribeirão Preto SP 0,9230
7 Lençóis Paulista SP 6,19 7 Marília SP 0,9195
8 Rodeiro MG 6,18 8 Louveira SP 0,9194
9 Oriente SP 6,17 9 Jundiaí SP 0,9171
10 Barra Bonita SP 6,17 10 Paulínia SP 0,9159

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados