Moro manda soltar ex-diretor da Odebrecht preso na Lava Jato

Juiz concedeu liberdade ao ex-executivo da empreiteira Odebrecht, Cesar Ramos Rocha, preso na operação da PF

Brasília – O juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, mandou soltar hoje (19) Cesar Ramos Rocha, um dos ex-executivos  da empreiteira Odebrecht presos na 14ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada um junho.

Na decisão, Moro explicou que a prisão de Rocha pode ser convertida em medidas cautelares porque o investigado não oferece mais riscos às investigações.

O juiz também citou decisão do Supremo que, na semana passada, determinou a soltura de Alexandrino Ramos da Alencar, outro ex-diretor da Odebrecht.

Cesar Ramos Rocha deverá comparecer mensalmente à Justiça, não poderá mudar de endereço sem autorização e deve entregar seu passaporte em 48 horas.

Mais cedo, Moro aceitou denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o empreiteiro Marcelo Odebrecht e mais cinco investigados, entre eles Cesar Rocha.