Ministério da Saúde fecha acordo para reduzir sódio em alimentos

O acordo, firmado com a Associação Brasileira de Indústria de Alimentos, visa diminuir o teor em pães, bisnaguinhas e massas instantâneas

Brasília – O Ministério da Saúde e a Associação Brasileira de Indústria de Alimentos assinaram um novo acordo para redução de teores de sódio em pães, bisnaguinhas e massas instantâneas.

Para pães de forma, a meta é que, entre 2017 e 2020, o teor máximo do nutriente caia de 450 mg para 400 mg a cada 100 gramas do produto. No caso das bisnaguinhas, a queda será de 388 mg para 350 mg, também a cada 100 gramas do alimento. Para as massas instantâneas, a previsão é de que até 2018 o teor máximo de sódio seja de 1840 mg a cada 100 gramas.

Essa é a segunda vez que os três alimentos são alvo de um pacto para redução de sódio. Eles integram o acordo entre ministério e indústria de alimentos de 2011, com 30 categorias de produtos. Segundo o governo, a parceria trouxe uma redução de 70 mil toneladas de sódio nos alimentos.

O brasileiro consome em média 12 gramas de sódio por dia, mais do que o dobro do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O consumo excessivo do nutriente aumenta o risco de hipertensão, diabetes e obesidade.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s