Manifestação por moradia reúne mais de 2 mil no extremo sul

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto fazem manifestação pela permanência em um terreno ocupado no extremo sul, que abriga mais de 4 mil famílias

São Paulo – Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) fazem uma manifestação que reúne mais de 2 mil pessoas, de acordo com a Polícia Militar, na zona sul da capital paulista. O protesto é pela permanência em um terreno ocupado no extremo sul, que abriga mais de 4 mil famílias.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego, a passeata interdita totalmente o sentido centro da Estrada do M’Boi Mirim, próximo à Avenida Comendador Sant’Anna. Os desvio são feitos pela Estrada da Baronesa.

O coordenador estadual do MTST, Gabriel Binho, informou que o terreno ocupado é uma propriedade particular, localizada na Estrada do M’Boi Mirim. A ocupação ocorreu na noite da última sexta-feira (29).

Segundo Gabriel, a marcha, que começou por volta das 8h, deve seguir até a subprefeitura do M’Boi Mirim. Os manifestantes esperam ser recebidos pelo secretário municipal de Habitação, José Floriano de Azevedo Marques Neto.