Maia diz estar comprometido com ajuste e reforma da Previdência

Maia afirmou a jornalistas, após encontro com Meirelles, esperar que a Câmara aprove as mudanças na aposentadoria até o final de março

Brasília – O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta quinta-feira que está comprometido com o ajuste fiscal promovido pelo governo federal, assim como a proposta de reforma da Previdência enviada pelo presidente Michel Temer ao Congresso Nacional.

Maia afirmou a jornalistas após encontro com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, nesta tarde, esperar que a Câmara aprove as mudanças na aposentadoria até o final de março.

O encontro com o ministro acontece depois de a Câmara aprovar nesta semana projeto de renegociação das dívidas dos Estados deixando de fora do texto as contrapartidas defendidas pelo governo para que os entes aderissem ao programa de recuperação fiscal.

Na ocasião, ao defender a aprovação da matéria, Maia disse que os parlamentares deveriam ouvir a Fazenda, mas não dizer “amém” ao ministério.

Meirelles, que estava ao lado de Maia na entrevista, comentou as medidas anunciadas mais cedo pelo governo, como a redução dos juros do cartão de crédito, e disse que a limitação do crédito rotativo a 30 dias foi uma decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN).