Maggi defende etanol de milho como alternativa em MT

Ministro da Agricultura afirmou que produtores do cereal devem pensar em novas formas de cooperativas e associações

São Paulo – O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, defendeu nesta sexta-feira a construção de usinas de etanol à base de milho como alternativa para o escoamento da produção de Mato Grosso nos momentos de baixa dos preços do cereal.

“Nós como produtores… devemos pensar em espécies de cooperativas, associações, e buscar essa alternativa. Seria uma alternativa, uma válvula de saída, para os momentos em que o milho poderá chegar a 15 ou 16 reais (por saca) e não remunerar as nossas atividades agrícolas”, disse o ministro no fórum Mais Milho, em Cuiabá (MT).