Macapá terá 2º turno entre Clécio Luis e Gilvam Borges

Clécio Luis teve 44,53% dos votos válidos e Gilvam Borges teve 26,38% dos votos válidos

Os candidatos Clécio Luis (Rede) e Gilvam Borges (PMDB) vão disputar o segundo turno para a prefeitura de Macapá (AP). Clécio Luis teve 44,53% dos votos válidos e Gilvam Borges teve 26,38% dos votos válidos.

Até agora, foram apurados 98,35% das urnas.

Clécio Luis (Rede)

Clécio Luis, 44 anos, é natural de Belém (PA), mas mudou-se para Macapá ainda jovem. É o atual prefeito de Macapá e tenta a reeleição.

Formou-se em geografia na Universidade Federal do Amapá e no início dos anos 80 iniciou sua trajetória política. Foi líder comunitário e militante do movimento sindical e em 1998 foi secretário estadual de Educação do Amapá.

Gilvam Borges (PMDB)

O brasiliense Gilvam Pinheiro Borges, de 58 anos, é formado em sociologia pela Universidade Federal do Pará e já foi deputado federal e senador.

Em 1998, candidatou-se a governador do Amapá, ficando em terceiro lugar. O empresário Adiomar Veronese, do PROS, é seu o candidato a vice.

Em 2004 conseguiu sua primeira eleição para vereador, sendo reeleito em 2008. Clécio foi candidato do PSOL à prefeitura de Macapá em 2012, e venceu a eleição contra o então prefeito da cidade Roberto Góes, do PDT. Em 2016 deixou o PSOL e filiou-se à REDE.