Dólar R$ 3,28 0,39%
Euro R$ 3,67 -0,12%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 0,95% 63.257 pts
Pontos 63.257
Variação 0,95%
Maior Alta 5,04% SMLE3
Maior Baixa -3,99% MRFG3
Última atualização 24/05/2017 - 17:20 FONTE

Juízes denunciam “estratégia” de Lula para derrubar Moro

Segundo o porta-voz dos juízes, "essa tentativa demonstra a ausência de argumentos para desconstituir as provas juntadas nos autos pelo Ministério Público"

São Paulo – O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Roberto Veloso, rebateu com veemência nesta terça-feira, 13, o que classifica de ‘ataques’ dos advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro durante uma audiência realizada na segunda-feira, 12, com testemunhas no processo em que o petista é acusado na Operação Lava Jato – na ocasião, um dos defensores de Lula bate boca com Moro, que exigiu respeito.

“O que aconteceu na audiência de Curitiba (segunda-feira, 12) faz parte da estratégia deliberada da defesa do ex-presidente Lula de retirar o juiz federal Sérgio Moro da condução do processo da Lava Jato”, afirmou o presidente da entidade.

Segundo Veloso, “essa tentativa demonstra a ausência de argumentos para desconstituir as provas juntadas nos autos pelo Ministério Público”.

O processo onde ocorreu o atrito entre o advogado Juarez Cirino, que compõe o núcleo de defesa de Lula e o juiz Moro trata do triplex do Guarujá.

A Procuradoria da República acusa o petista de corrupção e lavagem de dinheiro. Lula teria recebido R$ 3,7 milhões em propinas da empreiteira OAS, segundo o processo. Lula nega taxativamente os crimes a ele atribuídos.

As audiências na ação penal, em Curitiba, são marcadas por seguidos entreveros entre advogados de Lula e Moro.

Para Roberto Veloso “o juiz Sérgio Moro tem dado exemplo ao Brasil de que é possível enfrentar a corrupção com honradez e destemor”.

“Por isso, damos total apoio ao magistrado condutor da Lava Jato”, afirmou o presidente da Associação dos Juízes Federais.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ricardo Cesar

    Não pode investigar ninguém ligado ao psdb e às denúncias (11) contra Aécio?

    1. Ricardo dionizio

      Xará, Moro está investigando a Lavajato, denúncias relacionadas à corrupção na Petrobras. É difícil acreditar que a oposição influenciasse Lula ou Dilma, portanto eles não devem fazer parte desta investigação/processo.
      Moro não pode, por força de Lei, punir alguém do PSDB só porque algumas pessoas, como você, querem isso.
      Recomendo mandar uma carta cobrando o MP.

  2. ebertsampaio

    É extremamente visível os indícios de corrupção e ouso até a dizer que nem precisariam de provas para incriminar muita gente que está no poder. A corrupção está instalada e acomodada no nosso país. Não cito nenhum lado mas digo de um todo. O que mais me impressiona é que existem advogados que fazem um voto em favor da dignidade, ética e muitos outros jargões em favor disto ou daquilo outro, pela justiça e verdade, mas acabam por se corromper quando se propõem em defender com veemência essas pessoas que todo o Brasil tem conhecimento por serem corruptas e usarem o dinheiro publico para seu bel-prazer.