Haddad pede ajuda na internet para pagar dívida de campanha

Fernando Haddad fecha a disputa pela reeleição com o maior rombo nos cofres de campanha. No total, ele deve quase 8 milhões de reais

São Paulo – Derrotado nas eleições 2016, o atual prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), está pedindo ajuda nas redes sociais para pagar sua dívida de campanha. Entre os candidatos à prefeitura da cidade, ele é o que deixa a disputa com o maior rombo nas contas de campanha.

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral de 17 de outubro, os cofres da campanha de Haddad têm um saldo negativo de quase 8 milhões de reais.

“A eleição já acabou, mas a campanha ainda não. Para a gente continuar defendendo nossas propostas para educação, para cidade, para o país, a gente precisa encerrar a campanha”, afirmou em vídeo publicado em sua página no Facebook.  “A sua ajuda vai nos ajudar muito a quitar esses compromissos profissionais e seguir a vida porque a vida política não para”.

Haddad é um dos exemplos mais contundentes do impacto das mudanças no financiamento eleitoral, que vetaram as doações empresariais. Em 2012, o atual prefeito fechou a corrida eleitoral com mais de 42 milhões de reais em doações – um valor seis vezes maior do total arrecadado neste ano. Em todo o Brasil, a arrecadação para as campanhas municipais caiu 48% com relação ao aporte no pleito de 2012.

O prefeito eleito, João Doria (PSDB), também está com um saldo negativo: ele ainda precisa arrecadar 6,2 milhões de reais para zerar as contas de campanha. Veja como estão os cofres dos principais candidatos à prefeitura de São Paulo:

Nome Receitas Despesas Saldo da campanha % Válidos
JOÃO DORIA (PSDB) 7.989.850,08 14.190.551,35 -6.200.701,27 53,29%
FERNANDO HADDAD (PMDB) 6.744.234,58 14.660.587,61 -7.916.353,03 16,70%
CELSO RUSSOMANNO (PRB) 6.234.150,00 3.906.588,85 2.327.561,15 13,64%
MARTA (PMDB) 5.966.887,46 5.874.928,14 91.959,32 10,14%
LUIZA ERUNDINA (PSOL) 105.190,00 37.760,60 67.429,40 3,18%
Veja também

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Jefferson Barra

    Se não consegue administrar uma simples campanha política, imagina como consegue administrar a mega cidade de São Paulo, por isso a cidade está um caos…

  2. Daniel Anselmo

    Esse não tem vergonha na cara! Faz divida em nome da população e ainda quer patrocínio…Oh raça dos infernos!

  3. Athos Sergio

    Eu, como ele, o candidato a preferitura de SP, também estou aceitando doações. Prometo que, como de praxe, não vou mentir ou enganar ninguém. Farei bom e útil uso do dinheiro de vossas doações.
    Farei investimrnto em alo útil, pra mim e pra sociedade, trazendo benefícios para ambos.
    Desde já agradeço a vossa presteza.
    Ah, contato pelo imbox da página ao qual curtiu-se esta matéria.
    Gradecido!
    Ah, não é campanha política, viu!

  4. antonio marcos cordeiro lobodo

    Como pode fez a maior arrecadação das multas na historia, é mentira galera ,ta com o bolso lotado com o nosso dinheiro, ele ta dando uma de migue pois logo logo vai cair na laja jato ai vc vai pra cadeia seu verme

  5. Henrique Larcher

    Assim fica fácil eim…
    Não fui eu quem fiz a dívida, porque sou eu quem devo paga-la?
    E outra, a dívida foi feita em beneficio próprio (campanha eleitoral). Não meta a população ou política nisso.