Governo Alckmin estuda aumentar tarifa de água mais uma vez

O aumento seria uma forma de inibir o consumo na Grande São Paulo, por conta do agravamento da crise hídrica no estado.

São Paulo – O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) estuda aumentar mais uma vez a tarifa da água, como forma de inibir o consumo na Grande São Paulo.

O novo aumento pode vir em abril, apesar de o último reajuste ter ocorrido há apenas quatro meses, em dezembro. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

A crise hídrica no estado, e em especial na capital paulista, vem se agravando. Nesta sexta-feira, o sistema Cantareira tinha 5,3% de armazenamento, enquanto o Alto Tietê registrava 10,3%.

Segundo a Folha, além de inibir o consumo, esse segundo aumento na conta também teria como objetivo cobrir as perdas financeiras da Sabesp.

O jornal afirma que a empresa poderá ter perdas de R$ 1,5 bilhão ao ano por conta de medidas como a concessão de bônus para a economia de água.

Outra medida estudada pelo governo é aumentar ainda mais a sobretaxa para quem gasta mais água. Estuda-se ainda restringir o uso da água na agricultura e aproveitar o volume armazenado na represa Billings.