Governador do RS usa vídeo selfie em início de campanha

Tarso Genro diz que participação cidadã por meio da internet interfere verdadeiramente nas decisões dos partidos e dos políticos

Porto Alegre – Os candidatos ao governo do Rio Grande do Sul começaram a campanha eleitoral deste ano de diferentes formas, e o atual governador, Tarso Genro (PT), decidiu recorrer às redes sociais para dar o pontapé inicial na corrida pela reeleição.

Tarso publicou dois vídeos em sua página do Facebook neste domingo, 6.

No primeiro, um “vídeo selfie”, ele diz que a participação cidadã por meio da internet é virtual somente do ponto de vista formal, já que interfere verdadeiramente nas decisões dos partidos e dos políticos.

“Este vídeo selfie quer marcar o início da nossa campanha eleitoral, que nós queremos que seja de altíssimo nível, assim com foi a recepção da Copa aqui no Rio Grande do Sul”, disse.

No segundo vídeo, também em tom espontâneo, ele apresenta aos internautas o escritório onde trabalha em casa.

Mostra seu computador, seus CDs preferidos, fotos de sua família e outras que retratam momentos marcantes de sua carreira política. No fim, ao explicar uma charge da época em que era ministro da Justiça do governo Lula, Tarso brinca imitando a voz do ex-presidente.

O governador, que fez uso das redes sociais ao longo de toda sua gestão, tem dado mostras de que vai continuar apostando nas ferramentas de interação digital nesta campanha.

Prova disso é o slogan criado por sua equipe de comunicação: “Compartilhe Desenvolvimento. Compartilhe Igualdade”.

Também no domingo, o PT reuniu militantes da coligação majoritária para um ato de lançamento oficial da campanha, no CTG 35, centro tradicionalista da capital gaúcha.

O candidato Roberto Robaina (PSOL) foi outro que aproveitou o domingo para mobilizar a militância digital.

Ele lançou o site que vai concentrar o conteúdo de campanha e que apresenta duas ferramentas multimídia – a Rádio 50 e a TV 50 -, nas quais serão postados os debates e demais atividades envolvendo a candidatura.

A candidata Ana Amélia Lemos (PP), líder nas pesquisas de intenção de voto no Rio Grande do Sul, optou por começar a campanha fazendo reuniões internas no domingo, dia em que choveu muito em Porto Alegre.

Já o candidato do PMDB ao Palácio Piratini, José Ivo Sartori, passou o fim de semana em visita a municípios do Litoral Norte do Estado.

Ele voltou domingo a Porto Alegre, onde os oito aspirantes ao governo participaram do primeiro debate da campanha eleitoral, promovido pela Rádio Gaúcha.

No encontro que durou duas horas e meia, eles primaram pela cordialidade e diplomacia. Os oponentes apresentaram propostas e rebateram críticas, mas, na maior parte do tempo, fugiram de um confronto mais ríspido.

Além de Tarso, Robaina, Ana Amélia e Sartori, concorrem ao Palácio Piratini Vieira da Cunha (PDT), Edison Estivalete (PRTB), Humberto Carvalho (PCB), João Carlos Rodrigues (PMN).