Gilmar Mendes solta o “rei do ônibus” de novo

O empresário Jacob Barata Filho, considerado o "rei dos ônibus" no Rio, é acusado pelo Ministério Público Federal de pagar propinas a autoridades do estado

São Paulo – O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou soltar, de novo, nesta sexta-feira, 18, o empresário Jacob Barata Filho, preso desde o início de julho na Operação Ponto Final, um desdobramento da Lava Jato.

Barata Filho é considerado o “rei dos ônibus” no Rio e é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de pagar propinas a autoridades do Estado.

Gilmar concedeu na quinta-feira, 17, habeas corpus ao empresário. Pouco depois, o juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, expediu novos mandados de prisão contra Barata.

Nesta sexta-feira, 18, o ministro voltou a conceder liberdade a Barata.

“Ante o exposto, estendo os efeitos da medida liminar deferida nestes autos em 17.8.2017, para substituir prisão preventiva do paciente Jacob Barata Filho, decretada nos Autos 0504957-22.2017.4.02.5101, pelas medidas cautelares diversas da prisão, fixadas no despacho anterior. Comunique-se, com urgência, para que o Juízo de origem providencie a imediata expedição de alvará de soltura. Intime-se”, decidiu Gilmar, nesta sexta-feira, 18.

Jacob Barata Filho é dono de um conglomerado de empresas no Rio e em outros estados com mais de 4.000 veículos. Herdou o negócio de seu pai, que atuava no ramo desde os anos 1960.

Os negócios da família incluem operadores de turismo, entre outras empresas, e se estendem por Portugal.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. A limpeza do judiciário começa por esse senhor , com certeza aí tem.

  2. so pobre vai preso

  3. sidney abreu

    É a completa desmoralização do judiciário e principalmente do STF…. prova somente que a justiça literalmente não é pra todos, ao menos pro amigos é diferenciada. Existe limite para a interpretação da lei, e esse senhor já a ultrapassou é muito. Vergonhoso!!