Geddel chega a Brasília, onde seguirá para a Papuda

O peemedebista desembarcou da aeronave e caminhou rumo a um dos hangares do aeroporto da capital federal

Brasília – O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) chegou às 16h desta sexta-feira, 8, a Brasília em voo que partiu de Salvador, onde foi preso preventivamente por suspeita de lavagem de dinheiro, a mando do juiz federal Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara do Distrito Federal.

Vestindo roupas brancas e segurando uma mala, o peemedebista desembarcou da aeronave e caminhou rumo a um dos hangares do aeroporto da capital federal.

O ex-ministro agora será levado ao Instituto Medico Legal (IML) para exames de praxe e, posteriormente, vai para o complexo penitenciário da Papuda, nos arredores de Brasília.

O ex-ministro estava em regime domiciliar após decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Após Operação Tesouro Perdido, da Polícia Federal, que culminou com a maior apreensão em dinheiro vivo da história brasileira, no valor de R$ 51 milhões, o magistrado de Brasília mandou Geddel de volta para a cadeia.