“Fachin está tranquilo”, diz Pezão após audiência com ministro

Pezão foi a primeira autoridade a se encontrar com Fachin após sorteio da relatoria da Lava Jato

Brasília – A primeira autoridade a se encontrar com o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), logo depois do sorteio eletrônico que lhe atribuiu a relatoria dos processos da Lava Jato, foi o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB).

Os dois tinham uma audiência marcada para as 11h30, e Pezão já estava reunido com Fachin no gabinete do ministro quando o STF anunciou a redistribuição da relatoria.

“Ele (Fachin) estava recebendo a notícia naquele momento, mas eu não entrei nesse assunto, o assunto (da reunião) foi só sobre o Rio de Janeiro. Eu desejei boa sorte a ele, e acho que ele vai ter muito trabalho, mas (a relatoria) está em boas mãos. Ele está bem, muito calmo, muito tranquilo”, disse Pezão após sair da reunião, ao comentar a reação inicial do ministro com o recebimento da notícia.

Durante a audiência, Fachin e Pezão discutiram uma ação proposta pelo governo fluminense que quer afastar dispositivos da Lei de Responsabilidade Fiscal e determinar o imediato cumprimento de um acordo firmado com a União. O relator da ação é o ministro Luiz Fux.

Ao se encontrar com Fachin na manhã desta quinta-feira, Pezão encerrou uma série de encontros com os integrantes do tribunal para tratar da ação.