Erdogan quer isenção de visto para Turquia na UE até outubro

Como parte de um acordo com Bruxelas para conter o fluxo de migrantes para a União Europeia (UE), Ancara pediu que a data fosse adiantada para o final de junho

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, quer que a isenção de visto para os cidadãos turcos que desejarem viajar ao espaço Schengen passe a valer “no mais tardar em outubro”, o que parece atrasar o prazo de junho mencionado nas últimas semanas.

“Em matéria de vistos, a promessa que eles (os europeus) fizeram era para o mês de outubro deste ano (…) Espero que mantenham sua palavra e coloquem um fim a este assunto no mais tardar em outubro”, declarou em um discurso em Ancara, em referência à data mencionada durante uma cúpula em novembro passado.

Mas como parte de um acordo concluído em 18 de março com Bruxelas para conter o fluxo de migrantes para a União Europeia (UE), Ancara pediu que a data fosse adiantada para o final de junho, chegando a fazer deste prazo uma condição para continuar a aplicar o pacto migratório.

Contudo, a última semana foi marcada por uma crescente tensão sobre uma reforma da lei antiterrorismo turca, uma das 72 condições que a Turquia deve cumprir para obter uma isenção de vistos, e que Erdogan rejeita.