Doria: salário de fevereiro irá a organização do terceiro setor

Dória prometeu doar seu salário durante a campanha nas eleições municipais em que foi eleito prefeito

São Paulo – Além de reiterar a decisão de doar seu primeiro salário no novo cargo para a AACD, associação que presta assistência a crianças deficientes, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), informou nesta quarta-feira, 4, que a remuneração de fevereiro será destinada a uma organização do terceiro setor.

Segundo o prefeito, o nome da instituição será, provavelmente, divulgado ainda nesta semana pela Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania, responsável por gerir e fazer as indicações das destinações de recursos de um fundo que, junto com o salário do prefeito, receberá o dinheiro da multa, de R$ 200,00, a ser cobrada de secretários que atrasarem em compromissos oficiais por mais de 15 minutos.

Dória prometeu doar seu salário durante a campanha nas eleições municipais em que foi eleito prefeito já no primeiro turno. Os vencimentos, disse o tucano nesta quarta-feira, correspondem a R$ 24,2 mil mensais, ou R$ 18,5 mil se descontados encargos.