Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,28%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,55% 63.731 pts
Pontos 63.731
Variação -0,55%
Maior Alta 3,72% FIBR3
Maior Baixa -3,20% TIMP3
Última atualização 29/05/2017 - 13:45 FONTE

Doria diz que é preciso “serenidade para proteger o Brasil”

Prefeito de São Paulo aguarda o término da reunião que ocorre em Brasília e reúne as bancadas tucanas na Câmara dos Deputados e no Senado Federal

São Paulo – O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta quinta-feira, 18, que o momento atual da política brasileira demonstra que é “preciso ter serenidade e equilíbrio para proteger o Brasil”.

O tucano chegou nesta quinta, após uma viagem de negócios aos Estados Unidos ao lado do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Os dois planejavam conceder uma entrevista coletiva na tarde desta quinta sobre as revelações feitas nesta quarta-feira, 17, pelo jornal “O Globo” e confirmadas pelo Estado de S. Paulo.

De acordo com a publicação carioca, o empresário Joesley Batista, um dos donos do frigorífico JBS, relatou no acordo de delação premiada firmado por ele que gravou conversa com o presidente Michel Temer, em março deste ano, na qual ele teria dado aval para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB), preso na Operação Lava Jato.

Joesley também gravou conversa com o senador Aécio Neves (PSDB-MG) na qual o tucano pede R$ 2 milhões ao empresário sob o argumento de que precisaria de ajuda para pagar sua defesa na Lava Jato.

Na manhã desta quinta, o Supremo Tribunal Federal (STF) afastou Aécio do cargo de senador e ordenou a prisão da irmã e do primo dele. É esperado agora seu afastamento do cargo de presidente nacional do PSDB.

De acordo com Doria, a cautela é necessária porque muitos fatos têm vindo à tona a cada minuto. Uma manifestação de ambos, no entanto, não está descartada.

O prefeito e o governador aguardam pelo término da reunião que ocorre nesta quinta em Brasília e reúne as bancadas tucanas na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

O posicionamento de Alckmin e Doria, ambos cotados para disputar a indicação do partido para a corrida presidencial de 2018, deve ser único. Os dois pretendem mostram que a legenda em São Paulo tem unidade e comando.

Antes disso, às 15h desta quinta-feira, Alckmin é esperado para cumprir uma agenda de governo na Bela Vista, no centro da capital, durante inauguração de um equipamento de saúde.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. OS dois vão dizer que apoiam a lava jato, são a favor das investigações, que os culpados sejam punidos etc, etc, etc……. aquela mesma história que o PSDB decoro quando um dos seus são denunciado.

  2. ROBERTO TADEU GORIOS

    PSDB SEMPRE FICOU EM CIMA DO MURO, CHEGOU A HORA DE DIZER EM QUE LADO ESTÁ , FHC NÃO QUERIA IMPEACHMENT DA DILMA

  3. Douglas Santana

    O que ele tem que fazer, é fazer o papel como Prefeito de São Paulo, parando de ser o pintor, o pedreiro, o gari, e ser o que realmente o que o povo votou nele para ele ser ” resumindo se ele pegar ou não a mão na massa, a minha vida como paulistano não muda em nada” e só mais uma coisa, ele tem que parar de querer aparecer na televisão xingando os outros…por que isso ele não tem o direito, pois quando se faz isso, perdesse toda a credibilidade… Lula ladrão, quem é ele como político para dizer uma coisa dessas, já que o partido político dele, também esta envolvido em escândalos, fora as principais figuras do PSDB!
    *Não terminou nem um mandato como prefeito e já esta querendo ser presidente* o povo brasileiro não aprende nunca…agora qualquer um é herói ! Deixe ele passar ao menos pela experiência, pois não se passou nem quatro meses, parece até piada, querer ser presidente !