Curtas – o que houve de mais importante ontem

ÀS SETE - O grupo J&F assinou a venda de sua fabricante de calçados Alpargatas ao fundo Cambuhy

Dodge aprovada

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou por unanimidade o nome da atual subprocuradora-geral da República Raquel Elias Ferreira Dodge, indicada pelo presidente Michel Temer (PMDB) para ocupar a vaga de Rodrigo Janot como chefe da Procuradoria-Geral da República. O mandato de Janot terminará em 17 de setembro. Os senadores decidiram encaminhar o nome de Dodge para votação no plenário do Senado após mais de 7 horas de sabatina.

Às Sete – um guia rápido para começar seu dia

Leia também estas outras notícias da seção Às Sete e comece o dia bem informado:

Geddel em casa

O desembargador do Tribunal Regional Federal de Brasília Ney Bello acaba de autorizar o ex-ministro Geddel Vieira Lima a ir para a prisão domiciliar. Com isso, Geddel deve deixar o presídio da Papuda, na capital federal, até amanhã. “O fato de o processo penal não poder se prestar à ineficácia e à morosidade não autoriza a Justiça a trabalhar por ficção”, escreveu o desembargador. “Ofende a língua portuguesa decretar prisão ‘preventiva’ por atos de 2012 a 2015”, conclui.

Temer “perto” de barrar a denúncia

O PSD, que tem 37 deputados federais na Câmara, fechou questão nesta quarta-feira pela rejeição da denúncia da Procuradoria-Geral da República por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer (PMDB) — com isso, parlamentares que votarem pelo recebimento da acusação podem ser punidos até com a expulsão da legenda. A legenda é a terceira a fechar posição em torno do apoio a Temer — antes, PMDB, que tem 63 deputados, e PP, com 47 parlamentares, haviam anunciado posição semelhante. Com isso, os três partidos podem entregar 147 votos pela rejeição da denúncia, pouco menos do que os 172 que o presidente precisa para enterrar a acusação feita pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. No entanto, pouca gente acredita que deputados descontentes deixarão de votar contra o desejo das siglas.

Cambuhy compra Alpargatas

O grupo J&F, dos empresários Joesley e Wesley Batista, assinou nesta quarta-feira a venda de sua fabricante de calçados Alpargatas ao fundo Cambuhy e à holding de investimentos do Itaú, a Itaúsa. O preço pela participação de 54% da J&F chegou a 3,5 bilhões de reais. Segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários, o pagamento será feito à vista, na data de fechamento do negócio.

Rabello volta atrás

Depois de criticar a nova Taxa de Longo Prazo, que entrará em vigor no banco de fomento BNDES em janeiro de 2018, o presidente da instituição, Paulo Rabello de Castro, disse nesta quarta-feira que está “totalmente vinculado à Medida Provisória (MP) que criou a taxa”. Ele negou ter se reunido com o relator da MP, deputado Betinho Gomes (PSDB-PE), para pedir alterações no projeto enviado pelo governo. “Na verdade, o relator me chamou para que eu indicasse as pessoas do BNDES que devem ser ouvidas nas audiências públicas”, disse.

Cade recomenda Citibank + Itaú

A superintendência-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recomendou ao tribunal da autarquia a aprovação da aquisição do segmento de varejo do Citibank pelo Itaú, mediante a assinatura de um acordo em controle de concentrações. Para obter aprovação, a superintendência recomendou a aplicação de algumas soluções — chamadas de “remédios” —, que foram desenhadas juntamente com os bancos: comunicação e transparência, treinamentos, indicadores de qualidade, compliance e restrição à aquisição de instituições financeiras e administradoras de consórcios, conforme parecer no site do Cade.

O fim do Estado Islâmico?

O Exército do Iraque voltou a entrar em combate com o Estado Islâmico, atacando combatentes que ainda resistiam na cidade de Mossul, considerada a capital do califado. Na segunda-feira, o governo declarou vitória sobre o grupo terrorista, mas alguns pontos no entorno da cidade continuam dominados pelo grupo. O norte do Iraque está dominado há três anos pelo Estado Islâmico, mas os conflitos em Mossul foram intensificados nos últimos nove meses. O governo já iniciou os trabalhos de reconstrução de casas e outros empreendimentos na cidade, apesar de a atmosfera ainda ser de guerra.

Discurso de Yellen

A presidente do FED, o banco central norte-americano, Janet Yellen afirmou em seu discurso ao Comitê de Serviços Financeiros da Câmara que a economia dos Estados Unidos deve continuar a expandir nos próximos anos. Segundo ela, os dados econômicos, principalmente relativos ao mercado de trabalho devem balizar a decisão do FED de aumentar a taxa básica de juros, além de possibilitar uma abordagem gradual da baixa inflação do país. “Há sempre um certo grau de incerteza na economia. Por exemplo, atualmente sobre como a inflação irá reagir ao aperto da utilização de recursos”, disse Yellen. Ela também falou sobre a dívida nacional, regulações bancárias e a possibilidade de um novo mandato como presidente do FED, já que o seu expira em fevereiro.

1 bilhão em um dia

A Amazon, maior varejista digital do mundo, anunciou que o evento Prime Day, realizado na terça-feira, foi o melhor dia de vendas na história da companhia. Segundo analistas, o faturamento da empresa girou em torno de 1 bilhão de dólares e ultrapassou as vendas de tradicionais dias de promoções, como a Black Friday e a Cyber Monday. De acordo com informações coletadas pela agência Bloomberg, o valor é o triplo das vendas médias diárias registradas durante 2016. O Prime Day, que durou cerca de 30 horas, apresentava descontos especiais em produtos Amazon, como o automatizador de residências Echo e a assinatura do clube de vantagens Amazon Prime.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s