Documento mostra que sítio seria vendido para Lula, diz Veja

Documento de 2012 mostra que Lula pagaria 800 mil reais pelo sítio em Atibaia - valor seria parcelado em quatro vezes

São Paulo – Durante a 24ª fase da Operação Lava Jato, agentes da Polícia Federal encontraram a minuta de um contrato de compra e venda que mostra Fernando Bittar — dono oficial do sítio de Atibaia usado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – transferindo o imóvel para o petista e sua mulher, Marisa Letícia. As informações são do site da revista VEJA

O documento revela que a propriedade seria vendida pelo valor de 800 mil reais, que seriam pagos por Lula com uma entrada de 200 mil reais e três parcelas do mesmo valor. A minuta, contudo, não está assinada. 

De acordo com a revista VEJA, este é o mais forte indício de que o sítio em Atibaia pertencia ao ex-presidente. Veja a íntegra do documento