DF desarticula quadrilha de tráfico internacional de drogas

Polícia Civil do DF prendeu quadrilha que traficava entorpecentes do Paraguai ao Brasil

Brasília – A Polícia Civil do Distrito Federal desarticulou hoje (22) uma quadrilha de tráfico internacional de drogas internacional. Os entorpecentes vinham do Paraguai e chegavam ao Brasil pelo Mato Grosso do Sul.

De lá, a droga era levada para uma chácara na Cidade Ocidental, município goiano no entorno de Brasília, onde os traficantes faziam a distribuição da droga, que era coordenada dentro da Cadeia Pública da cidade. Os produtos eram entregues em várias regiões do Distrito Federal.

A operação, batizada de Abstinência, começou há dois meses. As últimas prisões foram feitas no último sábado (20).

Ao todo são 13 pessoas foram presas e quatro adolescentes apreendidos. O chefe da 11ª delegacia de Polícia Civil, Victor Dan, acredita que a quadrilha pode ser bem maior.

“Na chácara [no momento da prisão], havia cerca de 15 a 20 pessoas. Com a polícia lá dentro, toda hora chegavam mais criminosos, mas a gente não conseguiu vincular eles a essa associação. Vamos continuar as investigações para ver o vínculo dessas pessoas que chegaram ao local”, disse o delegado.

No sábado, seis pessoas foram presas na chácara de difícil acesso na Cidade Ocidental. A polícia também apreendeu dois quilos de maconha, um de cocaína, R$ 5 mil reais em espécie além de armas, celulares e carros.

No local da prisão, havia dois barris enterrados vazios, mas alguns dias antes, eles estavam cheios com uma tonelada de maconha, segundo relato dos traficantes.

Os presos vão responder por tráfico de drogas e associação ao tráfico. A pena pode chegar a 20 anos de prisão.