Deputados tiram superfolga 12 dias após voltar de recesso

Parlamentares saem de Brasília para participarem do início das campanhas das eleições municipais

Brasília – Quem não gostaria de tirar uma folga de 10 dias apenas duas semanas depois de voltar de férias? É o que vai acontecer com os deputados da Câmara a partir desta sexta-feira (12). Os parlamentares voltam a atuar na Casa a partir de segunda-feira (22).

Os deputados saem de Brasília para participarem do início das eleições municipais em suas cidades. O período eleitoral começa na próxima terça-feira (16).

Mesmo com a necessidade de aprovar pautas econômicas, apenas um projeto foi aprovado, o texto principal da proposta de renegociação das dívidas dos Estados. Porém, a votação dos destaques – que são as emendas que podem alteram o projeto – ainda não saiu do papel.

Vale lembrar que ao assumir a presidência da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse que convocaria três sessões semanais de votação em agosto, mas recuou.

O calendário generoso da Casa não inclui somente essa folga de 10 dias. De acordo com a agenda discutida pelos líderes, serão apenas seis dias de votação em plenário até as eleições – 22, 23, 29 e 30 de agosto, e 12 e 13 de setembro.

O Senado, por sua vez, deve ter uma semana um pouco mais agitada. Na quarta-feira, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que os senadores tentarão votar o projeto da DRU (Desvinculação de Receitas da União).