Deputados do PSDB já avaliam entregar cargos a Temer

Em reunião, alguns deputados defendem entregar os cargos tão logo as provas contra o presidente Temer se tornem conhecidas

Brasília – Integrantes da bancada do PSDB da Câmara reunidos no fim da manhã desta quinta-feira, 18, discutem a possibilidade de um desembarque do partido do governo de Michel Temer, acusado de dar aval a executivo da JBS para comprar silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. A reunião conta a presença de todos os deputados da bancada.

Entre os pontos discutidos na reunião, alguns defendem entregar os cargos tão logo as provas contra o presidente Temer se tornem conhecidas. Essa possibilidade ainda está em discussão e não há decisão fechada.

Nas conversas entre os deputados, há o entendimento de que o senador Aécio Neves deve se afastar da presidência do partido, depois da denúncia de que ele pediu “ajuda” ao Grupo JBS.

Um dos nomes cogitados para assumir o comando da legenda, interinamente, é o do ex-líder Carlos Sampaio (PSDB-SP).

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. ALESSANDRO BONGIOVANI TONELLI

    Quando o barco começa a afundar os primeiros que correm são os ratos. (Haja visto no Impeachment da Dilm-anta…)